Oferta ! Envio imediato (E-mail)

Portfólio Mecanismos fisiológicos, biomoleculares e celulares relacionados as adaptações ao treinamento de força e hipertrofia e sua relação dose-resposta para a população idosa

R$50,00

R$30,00

40% OFF
12x de R$4,25

Portfólio Mecanismos fisiológicos, biomoleculares e celulares relacionados as adaptações ao treinamento de força e hipertrofia e sua relação dose-resposta para a população idosa

Curso: Educação Física

 

 

O presente semestre está possibilitando uma significativa ampliação e
aprofundamento de conhecimentos sobre a Educação Física e suas bases teórico-práticas
essenciais para a atuação na área. A proposta de Produção Textual Interdisciplinar em
Grupo (PTG) foi desenvolvida com intuito de aliar os aspectos práticos da profissão com os
conteúdos teóricos desenvolvidos nas disciplinas deste semestre. Para tanto, apresentamos
a seguir as orientações da atividade a luz do que foi desenvolvido e apresentado junto às
disciplinas cursadas.

 

2. DESENVOLVIMENTO
A parte do DESENVOLVIMENTO do atual trabalho será estruturada em duas partes:
1o PARTE – PRODUÇÃO ANALÍTICA E TEXTUAL

Objetivo: Discutir, de forma interdisciplinar, os conteúdos das disciplinas/temáticas do
semestre por meio da produção textual com o tema “Mecanismos fisiológicos,
biomoleculares e celulares relacionados as adaptações ao treinamento de força e
hipertrofia e sua relação dose-resposta para a população idosa”.

Na tentativa de transitar entre áreas correlatas à Educação Física, sobre a
compreensão dos mecanismos fisiológicos, moleculares e celulares que sofrem adaptações
com o treinamento (em específico, ao treinamento de força), solicitamos a leitura obrigatória
dos seguintes textos de caráter científico, listados a seguir.

Textos de apoio:
FERNANDES, T. et al. Determinantes moleculares da hipertrofia do músculo esquelético
mediados pelo treinamento físico: estudo de vias de sinalização. Revista Mackenzie de
Educação Física e Esporte, v. 7, n. 1, 2008. Disponível em:
http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/1238.

SILVA, NÁDIA LIMA DA; FARINATTI, PAULO DE TARSO VERAS. Influência de variáveis
do treinamento contra-resistência sobre a força muscular de idosos: uma revisão sistemática
com ênfase nas relações dose-resposta. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 13,
n. 1, p. 60-66, 2007. Disponível em:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-
86922007000100014&lng=en&nrm=iso.

FLECK, Steven J; KRAEMER, Willian J. Fundamentos do treinamento de força. 4ed.
São Paulo, SP: Artmed, 2017. Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788582713907/cfi/0!/4/2@100:0.00

Os textos citados apresentam um panorama sobre os principais efeitos e adaptações
esperadas, a nível celular e neuromuscular, que o treinamento de força e sua relação
adequada de dose-resposta podem promover. Assim, tome nota de cada mecanismo
fisiológico apresentado, vias de sinalização celular e adaptações crônicas relacionadas ao
treinamento de força/contra resistência/resistido tem sido relatados pelos estudos científicos
apresentados pelos autores indicados.

Orientações específicas:
- Fazer a leitura (obrigatória) dos textos de apoio.
- Fazer a discussão, em grupo, dos textos de apoio.
- Se acharem necessário, podem realizar buscas de artigos científicos em indexadores (ex:
scielo, google acadêmico, lilacs, domínio público e pubmed entre outros) que possam
subsidiar a produção textual do grupo. Para tanto, é importante realizar a citação devida do
artigo adicional de acordo com as normas da ABNT vigente.
- Redigir um texto descritivo de no mínimo 3 (três) e no máximo 4 (quatro) páginas de
conteúdo escrito, sem tópicos. Redigir o texto de acordo com as normas da ABNT vigente.
• O texto deve abordar os mecanismos fisiológicos, moleculares e celulares
relacionados ao treinamento de força e de hipertrofia e como esses
mecanismos são influenciados pelas características que envolvem a razão
dose-resposta do treinamento.
2° PARTE – RESOLUÇÃO DA SITUAÇÃO-PROBLEMA
Objetivo: Integrar os aspectos teóricos materializados diante de um cenário prático, de
forma interdisciplinar, para a resolução de uma situação real da área que envolve a atividade
física e saúde, com o tema “Atividade física na empresa através da ginástica laboral e
sua relação com saúde”.

Situação-Problema (SP)
Gisele é uma profissional recém formada em Educação Física com habilitação no
bacharelado. Em seus estágios, durante o curso de graduação, ela realizou algumas
atividades relacionadas à atividade física voltada para a saúde. Após formada, Gisele
recebeu uma proposta de emprego para trabalhar em uma empresa para o desenvolvimento
de atividades físicas junto a seus colaboradores (cerca de 60 pessoas), por meio da
“Ginástica Laboral”, pois os diretores da empresa tem relatado um crescimento nos
afastamentos por problemas de saúde e que grande parte de seus funcionários já
apresentam problemas com sobrepeso e obesidade.
Em uma primeira etapa de sua atuação, junto a empresa que a contratou, Gisele procurou
identificar qual era a característica do público alvo que participariam das atividades. Foi
verificado que a faixa etária era variada e ampla, com homens e mulheres de 18 até 60 anos
de idade. Posteriormente, Gisele realizou uma avaliação das características físicas que as
funções laborais exigiam dos colaboradores da empresa e quais era as queixas e sintomas
dolorosos característicos. Na sequência, como a empresa disponibilizou organizar grupos
de 20 pessoas, com práticas semanais de 3 vezes na semana. Gisele então, procurou
verificar os dias, horários e o tempo disponíveis que as atividades poderiam ser
desenvolvidas entre cada grupo, sendo no início ou no fim do horário do expediente, na qual
cada grupo será alocado em sessões com duração máxima de 30 minutos.
Assim sendo, Gisele selecionou como foco principal, a flexibilidade a ser trabalhada com
exercícios de alongamento e a força muscular a ser trabalhada com exercícios resistidos
utilizando o peso corporal, pois grande parte dos colaboradores se queixavam de dores na
região lombar, articulação do joelho e dos membros superiores.

No entanto, Gisele tinha ainda algumas dúvidas sobre as atividades que seriam realizadas
e se elas ajudariam, de fato, a contribuir sobre a atividade física e seu impacto positivo na
saúde:
1) Os exercícios de alongamento e resistidos poderão contribuir para melhoria de
componentes da aptidão física voltada à saúde? Se sim, justifique sua resposta.
2) Quais estratégias adicionais que poderiam auxiliar o trabalho que Gisele a identificar
se a atividade física habitual poderia promover mudanças positivas na saúde dos
colaboradores da empresa?
Caros, alunos e alunas! Diante do cenário aqui posto, tentem fazer o exercício de se colocar
no lugar de Gisele e demonstrem todo o conhecimento de vocês que possam ter sobre este
tema. Vamos lá!

FLORINDO, A. A., HALLAL, P. C., MOURA, E. C. D., & MALTA, D. C. Prática de atividades
físicas e fatores associados em adultos, Brasil, 2006. Revista de Saúde Pública, 43, 65-73.
2009. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/rsp/2009.v43suppl2/65-73/pt
GEIS, P. (org). LOSADA, S. A. et al. Atividade Física e Saúde na Terceira Idade. 5ed.
Artmed, Porto Alegre, 2008. Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788536316116/.
MENDES, R. A., NEIVA, L. Ginástica Laboral: Princípios e Aplicações Práticas. 3ed.
Editora Manole, Barueri – SP, 2012. Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788520444641/.
BAECHLE, T. R; WESCOTT, W. L. Treinamento de força para terceira idade. São
Paulo, SP: Artmed, 2010. Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788565852920/cfi/0!/4/4@0.00:35.6
ESTÉLIO, Henrique Martins. Alongamento e flexionamento. 6ed. Barueri, SP: Manole,
2010. Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788520462249/cfi/0!/4/4@0.00:0.00

MCARDLE, Willian; KACHT, Frank; KACHT, Victor. Fisiologia do exercício: nutrição,
energia e desempenho humano. 7ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.
Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788527730167/cfi/6/2!/4/2/2@0:0

Orientações específicas:
- Resolver a SP em forma de texto. Redigir o texto de acordo com as normas da ABNT.
- O texto deve abordar os questionamentos feitos na SP pelo cliente do Alan.
- O texto não deve ser em tópicos de perguntas e respostas. Utilize as orientações acima
para construir a estrutura e a lógica dos parágrafos do texto.
- Redigir um texto descritivo de no mínimo 3 (duas) e no máximo 4 (três) páginas de conteúdo
escrito, sem tópicos. Redigir o texto de acordo com as normas da ABNT vigente.
- Para auxiliá-lo, utilize os artigos e livros sugeridos acima, além dos livros didáticos das
disciplinas em curso do semestre, entre outras referências (livros ou artigos) sobre o assunto
que achar pertinente.

Baixe na hora !

Após a compra Aprovada, você recebe o link para download imediato.

Compre com Segurança

Com todos os cartões de crédito

Site seguro

Protegemos seus dados