Oferta ! Envio imediato (E-mail)

Portfólio O cenário de um Restaurante em tempos de Pandemia

R$100,00

R$50,00

50% OFF
12x de R$4,99

Portfólio O cenário de um Restaurante em tempos de Pandemia- Fino Sabor.

Portfólio O cenário de um Restaurante em tempos de Pandemia

Portfólio Restaurante Fino Sabor

Curso: Administração, Ciências Contábeis e Economia. 3° e 4° Semestre, Unopar e Anhanguera.

SITUAÇÃO GERADORA DE APRENDIZAGEM (SGA)

O cenário de um restaurante em tempos de pandemia:
O mundo todo tem conhecimento do quanto a pandemia do novo coronavírus vem penalizando os diversos setores da economia, e um dos mais afetados é o que abrange bares e restaurantes, especialmente pelas regras de isolamento social que restringem a circulação de pessoas nos mais
variados ambientes.
O restaurante 
Fino Sabor, do proprietário Marco Aurélio, sempre foi elogiado pelos clientes devido ao espaço aconchegante, ao atendimento de ótima qualidade e às refeições preparadas com todo cuidado e requinte. Esta pequena empresa, atuante desde 2004, fica localizada em uma cidade do interior de São Paulo e conta com um quadro aproximado de 18 colaboradores diretos que são distribuídos nas áreas de gestão administrativa, atendimento, cozinha, limpeza, segurança,
estacionamento, manutenção e entrega.
“Quando tudo começou, precisei fechar as portas e pensar em estratégias para manter meu negócio funcionando, mesmo que com muita dificuldade, e a preocupação maior era com os meus colaboradores e suas famílias”, disse Marco Aurélio.
Para que muitos bares e restaurantes pudessem continuar operando, a entrega à domicílio (Delivery) foi o recurso adotado nesse período de quarentena. Com o restaurante Fino Sabor não foi diferente. Marco Aurélio contou que para atender a demanda, precisou adaptar seu cardápio, retirando ou acrescentando pratos, além de rever a precificação. Ele identificou a necessidade de contratar mais três novos entregadores.
Com as mudanças no formato de atendimento, o quadro de colaboradores poderia também sofrer sérias modificações. Não há demanda de consumo suficiente para serem mantidos os contratos de trabalho de todos os garçons (alguns com contrato de trabalho por tempo indeterminado e outros com contrato de trabalho intermitente). Da mesma forma ocorre com o pessoal que cuidava do estacionamento do restaurante. Marco Aurélio relatou que, até o momento, tem procurado negociar 
com os colaboradores no sentido de evitar demissões, mas confessou que a situação está cada vez mais difícil.

Envios Via E-mail ou Whatsapp

Após a compra Aprovada, você recebe o material completo de imediato.

Compre com Segurança

Com todos os cartões de crédito

Site seguro

Protegemos seus dados